Diz a lenda que somos um sopro divino, feitos de barro, divinamente encantados. Em 1993, encontrei o barro ou o barro me encontrou.